sexta-feira, 26 de junho de 2015

Puela Madoka Magika


                 

        Conhece as light novels?      

     É o nome dado para histórias seriadas no Japão, semelhante as antigas novelas de folhetim no Brasil, porém com um estilo bem mais dinâmico derivado das histórias pulp de aventura.  Muitos animes, seriados e quadrinhos ganhas suas adaptações ( até mesmo prequels e continuações) nesse formato, além de ocorrer o inverso, com histórias incríveis primeiro surgindo nas novels  antes de ganharem anime e mangá próprios. Puella Madoka Magica é justamente o encadernado da light novel de mesmo nome, baseado em um dos animes de maior sucesso no oriente, lançado aqui ano passado. E do que trata a história?
                    Madoka é uma garota super carinhosa e com poucos amigos cujos pais vivem numa situação pouco comum onde a mãe é uma super-empresária e o pai é dono de casa. Porém, um dia ela testemunha uma batalha entre uma Garota Mágica e uma Bruxa. Nesse mundo as Bruxas são entidades malignas que se alimentam da energia do sofrimento das pessoas, estando normalmente invisíveis e capazes de induzir suas vítimas ao suicídio. As Garotas Mágicas são as meninas escolhidas por uma raça mágica para receberem poderes especiais e lutar contra essas bruxas, desde que firmem um contrato com essa estranha raça mística que lhes dará um desejo em troca de seus poderes.
                 Madoka então tem que enfrentar o dilema de ou continuar a viver uma vida normal, sabendo que as Bruxas estão soltas e as pessoas estão sendo mortas por elas, ou virar uma heroína que pode ter um destino tão trágico quanto ela já viu ocorrer com suas novas amigas. Guerreias místicas lutando pelo poder, as consequências belas e sombrias de ter seu sonho realizado. Misturando ação e fantasia, a frase "cuidado com o que deseja..." nunca se tornou tão importante.
              Em um mercado onde Sailor Moon definiu o gênero e o grupo CLAMP criou milhares de obras, Madoka  desconstrói e revisa cada detalhe da linha Magic Girl, levando a um novo nível de beleza e complexidade os personagens, seus sonhos e emoções.

              Se quiserem mais light novels resenhadas pelo site, temos a de Saint Seiya Volume 1 e Volume 2 .
              Sobre histórias femininas, aqui.
               E sobre mangás, aqui.
               Compartilhem suas impressões!

             
             
         

segunda-feira, 8 de junho de 2015

Heitor Harker Helsing, músculos e sangue

Mais um conto do meu caçador de monstros, Heitor Harker Helsing

***

Heitor Harker Helsing, músculos e sangue

     Desta vez foram minhas amigas Manuela e Vanda que me coloram nesta. Detetive particular e gerente de academia, respectivamente, investigavam o sumiço de campeões antigos e novos de vários tipos de luta. Não esperavam encontrar um grupo de ex-lutadores expulsos por dopping que encontraram no sangue vampiro sua nova droga. Mais um caso para Heitor Harker Helsing, eu.
      Com os planos detalhados de seu esconderijo e membros dados pela dupla do barulho, entrei lá  aguardando lutar contra um grupo de monstros nos 2 sentidos da palavra. Monstros que se alimentavam dos lutadores atuais. Mas meu coração realmente gelou quando vi os meus dardos com soro neutralizador de vampirismo quebrarem na pele de aço deles sem causar qualquer dano às criaturas. Meu sangue especialmente tratado me deixava imune a maldição, mas eles tinham força para me partir em pedaços.
        Meu sangue! A solução estava nos comprimidos que tomava diariamente para me imunizar contra as pragas das trevas. Estimulando a fúria dos meus adversários, cada tentativa de me abocanharem era um convite para jogar goela abaixo os comprimidos e ver meus inimigos caindo no chão enquanto a transformação se revertia.
          O que parecer ser uma versão sombria do Hércules grego surge bufando, o primogênito deste grupo cujo poder vinha do Cavaleiro Guerra. Com o dobro de tamanho, força e velocidade. E sua abservação oculta dos meus combates contra seus pupilos o fez perceber meu truque. Usando o labirinto de máquinas de musculação do local como escudo, cada vez que um equipamento vira pó em segundos com seus golpes percebia meu destino fatal. Mas todo labirinto tem uma saída.
          O rosto endemoniado então brota acompanhado de seu punho, vindo diretamente na minha direção! BUM!  Ele caiu no truque. Uma caixa de força atrás de um espelho foi suficiente para eletrocutar meu adversário. Fazendo-o tomar o fatídico remédio, finalmente mais uma cria da noite eterna vira pó.

Por Luiz Henrique Cecanecchia Fernandes

Licença Creative Commons
O trabalho Heitor Harker Helsing, músculos e sangue está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-SemDerivações 4.0 Internacional.
***

Aqui me baseei na história de guerreiro sanguinário assim como na força sobrenatural que Bram Stoker descreve nas crias de Drácula!
Se gostarem compartilhem e comentem para novas histórias serem produzidas