sexta-feira, 11 de julho de 2014

5 livros para quem gosta de amor e aventura

Olá, meus amigos! Hoje temos o prazer de uma nova contribuição da blogueira Camila Bomfim, mostrando como o Amor e a Aventura podem ser um ótimo casal cujos filhos são livros cheios de emoção e imaginação! 

***

A maldição do tigre
A saga conta a história de Kelsey, uma mocinha que acaba se envolvendo em uma aventura épica depois de fazer um freela em um circo. É que lá ela encontra e faz amizade com um tigre branco que, na verdade, é um lindo príncipe indiano aprisionado como felino, e que somente pode permanecer humano por alguns minutos por dia. Em um desses minutos, Ren pede ajuda e aí começa uma aventura épica pela Índia, com direito a monstros, lutas e descobertas. E também um triângulo amoroso entre a mimizenta Kelsey, Ren e seu irmão Kishan. Você provavelmente vai torcer o nariz para a protagonista e sua falta de auto-estima, mas a aventura empolga e o carisma dos tigres-príncipes Ren e Kishan compensa.
A maldição do tigre, A mulher do viajante no tempo, Jane Eyre, jogos vorazes, Mulheres na obra de JRR Tolkien, Senhor dos Anéis, Senhoras dos Anéis,

Jane Eyre
Jane sofre como uma heroína de novela mexicana. Sua família adotiva a rejeita, o colégio interno beneficente para onde ela é mandada é horrível e sua única amiga fica doente. Mas ela vai conhecer o amor com o Sr. Rochester, que vai contratá-la como governanta, e passará por  aventuras e desventuras dentro e fora da misteriosa mansão de seu amado.

A mulher do viajante no tempo
Você curte amor, aventura e histórias que te fazem chorar? Então este é o livro para você. Contado em saltos e flashbacks, A Mulher do Viajante no Tempo nos traz a história de amor entre o bibliotecário Henry e a artista Clare, alternando entre o ponto de vista dos dois. O interessante é que Henry tem um problema genético que o faz viajar no tempo, pulando para frente ou para trás na linha do tempo de sua vida. É em um desses saltos que Clare o vê pela primeira vez – enquanto ele já sabe que ela será sua esposa. Além da questão amorosa, a condição de Henry faz com que ele passe por perigos e confusões para sobreviver quando está fora de seu tempo, inclusive deixando mensagens para si mesmo.
A história deu origem a um filme chamado “Te Amarei Para Sempre” que, além de ter um título ruim, também é um filme ruim. Fuja para as colinas se estiver passando isso na TNT e leia o livro.

Jogos Vorazes
Nesta distopia, a protagonista, Katniss, vive num país onde uma Capital do mal controla 13 distritos com mão-de-ferro. Para zoar com os nervos dos cidadãos, mantendo-os na linha, a Capital promove os tais Jogos Vorazes – um reality show extremo, onde só um sai vivo. Os participantes são jovens entre 12 e 18 anos – um menino e uma menina por distrito. Quando sua irmã pequena é convocada para os Jogos, Katniss decide ficar no lugar dela. Para obter vantagens na competição, a protagonista se une a Peeta, o rapaz convocado de seu distrito. Logo eles percebem que fingir um romance pode aumentar suas chances de sobrevivência nos Jogos, mas o que seria só fingimento começa a parecer sincero demais.
A maldição do tigre, A mulher do viajante no tempo, Jane Eyre, jogos vorazes, Mulheres na obra de JRR Tolkien, Senhor dos Anéis, Senhoras dos Anéis,

Senhoras dos Anéis: Mulheres na obra de JRR Tolkien

Se você gosta de aventura, provavelmente curte Tolkien. Esse livro, além de trazer informações sobre as personagens femininas do escritor, também conta a história de amor do próprio – linda, por sinal. Tolkien amava muito a esposa, e comparava seu relacionamento com o de Beren e Lúthien, personagens de um dos contos de Silmarilion (Beren era o humano valente que se apaixonou pela linda elfa Lúthien).

Resenhas por Camila Bomfim, autora dos blogs Contos da Cami e Analisando Fanpages





Foto1: http://www.martinsfontespaulista.com.br/ch/prod/220531/520/0/SENHORAS-DOS-ANEIS---MULHERES-NA-OBRA-DE-J%20-R%20-R%20-TOLKIEN.aspx
Foto2: http://www.public-domain-photos.com/objects/ceramics-1.htm